Como montar um e-commerce de sucesso em 8 passos

Você já ouviu falar em e-commerce? Atualmente, a internet oferece muitas possibilidades de criar o seu próprio negócio ou mesmo ganhar uma renda extra.

E é justamente por isso que nos últimos anos muitas pessoas decidiram dar adeus ao patrão e começar a empreender.

E se você anda pensando sobre isso, saiba que no artigo de hoje, quero falar justamente sobre uma dessas opções. Vou falar sobre como montar um e-commerce em 8 passos.

Essa, sem dúvidas, está entre uma das opções mais vantajosas de negócio online. E se você quer conferir todas as vantagens desse modelo de negócio e o passo a passo de como montar um e-commerce, descubra abaixo!

 

Vantagens de montar um e-commerce

 

E se você ainda não tem certeza se esse é o modelo ideal de negócio para você, confira abaixo quais são as principais vantagens de montar seu próprio e-commerce.

 

  • Modelo de negócio que funciona 24 horas por dia

A primeira grande vantagem de começar o seu próprio e-commerce é ter acesso a um modelo de negócio que funciona 7 dias por semana e 24 horas por dia.

Isso, sem dúvidas, garante o acesso de muito mais pessoas ao seu negócio. O que quer dizer que você poderá vender muito mais.

 

  • Possibilidade de vender para todo o Brasil

Outra grande vantagem, sem dúvidas, é a possibilidade de vender seus produtos para todo o Brasil.

Isso porque quando você abre uma loja física, você limita as possibilidades de venda à sua região. Já com o e-commerce você pode vender para o Brasil todo. Na verdade, até mesmo para o exterior.

 

  • Rápido crescimento e alta lucratividade

As duas vantagens acima também fazem com que esse seja um modelo de negócio que apresenta possibilidade de rápido crescimento.

Ter um negócio na internet, hoje, garante uma visibilidade muito maior para o seu negócio. E isso quer dizer que em poucos meses, você pode ter um negócio bem estruturado e que apresente uma ótima lucratividade.

E isso, é claro, pode te oferecer a tão sonhada liberdade financeira. Pois você não irá mais depender de outras pessoas para ter seu dinheiro, já que vai trabalhar para você mesma.

 

  • Possibilidade de trabalhar em casa

e-commerce

Outro grande benefício é a possibilidade de trabalhar em casa. E, por isso, um e-commerce também é ideal para quem é mãe podendo trabalhar em casa e cuidar dos filhos.

Ou até mesmo para quem não tem filhos, mas quer poder se dedicar a outras atividades. Como os estudos, hobbies etc.

 

  • É mais econômico que uma loja física

Além de tudo isso, uma loja virtual também é muito mais econômica do que uma loja física.

Isso porque os gastos como aluguel de um prédio e todas as contas envolvidas, como água, energia e impostos, não serão necessários. Desde que você tenha um espaço sobrando na sua casa para trabalhar.

Além disso, se você ficar responsável por todas as tarefas, você também não precisará gastar com o pagamento de funcionários. O que também pode reduzir bastante o investimento necessário.

 

  • Horários flexíveis

Outra grande vantagem é a de ter horários mais flexíveis e mais liberdade com o seu tempo.

Um dos grandes desafios enfrentados por nós mulheres, é justamente ter tempo para trabalhar, cuidar dos filhos, estudar etc. E, por isso, poder trabalhar por conta própria é sensacional.

É claro que dá muito mais trabalho, pois é você quem vai precisar resolver tudo. No entanto, você vai ter mais liberdade para escolher seus próprios horários e ter tempo para outras coisas que realmente são importantes.

 

  • Ofereça mais facilidade aos clientes

A última grande vantagem de que quero falar é da possibilidade de oferecer muito mais facilidade aos seus clientes.

Nos últimos anos, mesmo com a crise, o e-commerce continuou crescendo. E a principal razão disso, é que é muito mais fácil comprar um produto pela internet do que ir até uma loja.

Já que a compra na internet pode ser feita no conforto da sua casa e com apenas poucos cliques. E, isso, num momento em que as pessoas têm cada vez menos tempo livre, sem dúvidas, é uma grande oportunidade.

Hoje, as pessoas valorizam muito essa facilidade. E, por isso, criar um negócio que ofereça essa facilidade também te oferece maiores possibilidade de construir um negócio bem sucedido, mesmo com a crise.

Como Criar Um Negócio Online Partindo Do Zero

Insira o seu endereço de email abaixo para receber grátis o E-book!>

8 passos para montar um e-commerce

 

loja virtual

E agora que você já sabe todos as vantagens de ter seu próprio e-commerce, veja abaixo quais são os passos necessários para montar um e-commerce de sucesso.

 

  1. Escolha um nicho

O primeiro passo é decidir qual será o nicho que você irá trabalhar. E se você ainda não sabe o que um nicho, não se preocupe, pois eu explico!

Um nicho, nada mais é do que uma pequena parcela do mercado. Por exemplo, se pegarmos uma grande área do mercado, como decoração, teremos vários nichos dentro dessa área.

Alguns exemplos seriam: decoração infantil, decoração para cozinha, decoração para escritório, decoração para meninas etc.

Como você pode perceber, a ideia de escolher um nicho é te ajudar a delimitar o que você vai vender e para quem você irá vender.

Isso permite que você comece um negócio pequeno e especializado. Dessa forma, mesmo que você não tenha muito dinheiro para investir no começo, você irá alcançar seu público-alvo. Pois não precisará ter uma grande diversidade de produtos nesse momento.

Assim, ao longo do tempo, você pode ir vendo o que dá mais lucro e investindo de forma inteligente. Podendo até mesmo expandir sua loja para outros nichos.

 

  1. Pesquise e defina produtos

O próximo passo é definir os produtos que você irá vender no seu e-commerce. Nesse momento você não deve escolher modelos específicos. Apenas pesquisar com o intuito de descobrir quais são os produtos mais procurados no nicho que você irá trabalhar.

Isso te ajuda na hora de realmente escolher os produtos, pois você já terá uma ideia do que pretende trabalhar. Além disso, quando for realmente comprar os produtos, você irá economizar tempo. Pois não precisará ir a nenhuma loja ou passar horas na internet sem saber o que irá comprar.

Veja que mesmo com um nicho definido, ainda há muitas opções. Se pegarmos o nicho de decoração para sala de estar, por exemplo, você poderá escolher entre quadros, nichos, abajures, almofadas, enfeites para estante, papel de parede, relógios etc. Como você pode ver as opções são muitas!

Você pode escolher alguns destes produtos para começar e comprar vários modelos de cada um deles. Além disso, hoje, outra opção muito comum é escolher um único produto para trabalhar.

Muitas pessoas, por exemplo, decidem trabalhar apenas com pôsteres e quadros decorativos. Essa é uma boa opção para quem tem pouco dinheiro para investir no momento.

 

  1. Defina seu público-alvo

O próximo passo é definir quem será sua audiência. Se você vai trabalhar com decoração infantil, por exemplo, você sabe que a maior parte do seu público-alvo será composta por mães.

Ter esse conhecimento em mente é essencial para definir algumas das próximas etapas, como criar sua estrutura e definir uma identidade da sua marca.

 

  1. Encontre fornecedores

Você também irá precisar ter alguns fornecedores. Eles podem tanto ser fornecedores online ou físicos, na sua cidade ou em outro lugar.

O importante é garantir que eles irão te entregar produtos de qualidade. Pois assim você garante que irá vender e que seus clientes ficarão satisfeitos.

Além disso, também é importante procurar fornecedores que ofereçam um bom custo benefício para você.

Depois de saber os produtos e ter encontrado os fornecedores certos, você já pode comprar os seus produtos. Afinal de contas, os próximos passos correspondem à parte prática da criação do seu e-commerce.

 

  1. Crie sua estrutura

Existem várias formas de criar uma estrutura para o seu e-commerce. Você pode pagar alguém para criar o site e um servidor para hospedá-lo.

Ou você pode também optar pelas plataformas de criação de e-commerce. Hoje, a variedade no mercado é grande e elas oferecem muito mais facilidade. Sobretudo, para quem está começando e não tem experiência como empreendedor.

Essas plataformas oferecem tudo o que você precisa de forma organizada e muito mais simples de usar. Elas funcionam como se você alugasse um local para a sua loja, mas não um local físico, nesse caso, um local virtual.

Elas oferecem modelos de e-commerce prontos que você pode ir customizando até ficar com a cara do seu negócio.

Além disso, nessas plataformas você também encontrará diversos relatórios para saber como anda o seu negócio. E, às vezes, até mesmo opções de pagamento e frete facilitadas.

Em algumas plataformas você tem quase tudo pronto. Só precisa escolher o design, cadastrar os produtos e realizar as vendas. Toda a parte burocrática fica por conta delas.

Por isso, o valor delas é pago mensalmente e pode variar bastante, de acordo com o que elas oferecem. Os valores vão desde R$ 9,90 até mais de R$ 500,00 por mês.

Há também plataformas gratuitas, mas elas não são indicadas por não terem tanta flexibilidade e profissionalismo. E por não serem tão seguras quanto as plataformas pagas.

Alguns exemplos de plataformas são: UolHost, BoxLoja, Iluria, Shopify, NuvemShop etc. Para escolher a sua é preciso pesquisar e ver qual dessas opções se encaixa melhor ao seu negócio.

 

  1. Opções de pagamento

Se você for optar por uma plataforma, elas normalmente oferecem diversas possibilidades de pagamento integradas, como cartões e boletos.

No caso de você não optar por uma das plataformas, você também terá de pensar como o pagamento será processado.

A melhor opção, neste caso, é contratar um intermediador de pagamento. Como o Paypal, Pagseguro ou Mercado Pago.

Pois eles são bastante simples de utilizar, para você e para os seus clientes. E, além disso, eles também fazem adiantamento de recebíveis. O que é excelente, pois você pode reinvestir esse dinheiro e continuar crescendo

O valor cobrado por essas empresas trata-se de uma porcentagem a cada venda que é realizada. Essa porcentagem, no entanto, não costuma passar de 5% do valor do produto.

 

  1. Crie uma identidade

O próximo passo é cuidar da identidade da sua loja. Pois toda marca precisa ter uma identidade para se destacar no mercado.

A ideia de identidade engloba vários fatores, como por exemplo, o nome, o design da sua loja e o logo.

Tudo isso tem que estar de acordo com o que você oferece e com o público-alvo que você quer atingir.

Ter uma identidade, sem dúvidas ajuda o seu negócio a atingir o próximo patamar e se destacar no mercado.

 

  1. Divulgue

O último passo de que quero falar aqui é a divulgação da sua loja virtual. Isso pode ser feito de várias maneiras, graças ao marketing digital.

No entanto, quero falar de uma forma gratuita e muito eficaz de divulgar a sua loja, que são as redes sociais. Você deve criar um perfil ou uma página para a sua loja nas redes sociais.

Atualmente, uma excelente opção para fazer isso é o Instagram. Ele oferece a possibilidade de alcançar um público muito grande e de forma rápida através das hashtags. O Instagram, portanto, é uma excelente forma de encontrar o seu público, mostrar os seus produtos e ainda transformar clientes em verdadeiros fãs da sua marca.

Além dele, destaco também o Facebook, que é atualmente a rede social favorita dos brasileiros. Ao criar a sua página, você também pode transformar clientes em fãs da marca. Através de conteúdo mostrando os seus produtos e da constante interação com os seus seguidores.

A última forma de divulgar os seus produtos de que quero falar aqui é a criação de um blog. Diferente das redes, o blog não funciona como propaganda direta, mas sim como uma propaganda indireta, porém de baixo custo e longa duração.

A ideia do blog é a de oferecer conteúdo relacionado ao seu nicho. Se você vai trabalhar com decoração, por exemplo, você pode dar diversas dicas no blog.

Como por exemplo, falar sobre como harmonizar cores, como decorar cômodos específicos da casa, dar exemplos de decoração etc. E, é claro, sempre mostrando os seus produtos às pessoas de forma indireta.

Usando essas técnicas, você garante que um número cada vez maior de pessoas descubra o seu e-commerce e compre os seus produtos.

Vamos começar?

como montar uma loja virtual

Neste artigo você descobriu quais são os principais benefícios, além de conferir o passo o passo de montar um e-commerce.

E então, você acha que montar um e-commerce é a opção certa de negócio para você? Não se esqueça de deixar seu comentário me contando!

Abraços e até o próximo artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *